No mesmo dia que regressamos do Monte Roraima (14-01-2015), seguimos viagem para Ciudad Bolivar.
O planejamento para ir ao Salto Angel foi realizado pelo Augusto, que intermediou com a agência Gekko Tours para chegarmos em um valor de até US$ 250, que na época o valor era na faixa de R$ 2,60

Neste relato não entrarei em muitos detalhes, pois quero focar nos vídeos e fotos dos passeios.
Para detalhes completos, recomendo dar uma lida no relato do Augusto, que está super bem detalhado.

O Salto Angel fica localizado na região de Canaima, é a maior cachoeira do mundo com 979m de queda. Se olhar no mapa, verá que Canaima fica entre Santa Elena de Uairén e Ciudad Bolivar, porém a logística para se chegar é um pouco complicada.

Se optar por tentar ir de avião, irá sair mais caro e devido escala, levará mais de 9h de viagem, se optar ir de ônibus para Ciudad Bolivar, e então pegar um avião no dia seguinte, acaba sendo mais vantajoso, pois a viagem de ônibus leva em torno de 9h a 11h e com isso você poderá passear por Ciudad Bolivar, que foi o que fizemos.
canaima_map

É importante manter seus documentos em local de fácil acesso, pois a viagem pode ser interrompida para vistorias pela Guarda Nacional (Chamadas de Cavalas). Nosso amigo Daniel deixou o RG cair na lateral da poltrona, não encontrava no momento que foi solicitado, chegou a acreditar que havia deixado na mochila no bagageiro e foi obrigado a descer para procurar.
Como ele não fala espanhol e nosso amigo Ronaldo (Falco), que fala muito bem o idioma estava junto, desceu para ser intérprete.
Assim que os dois desceram acompanhados do soldado armado, sentei na poltrona de Daniel para procurar e encontrei o RG.
Desci as escadas do 2º andar do ônibus, corri para a porta e me deparei com cena do soldado, com arma em punho na direção do Daniel, enquanto ele procurava na mochila e Ronaldo em pé conversando com o soldado.
Corri na direção dos três, estendi a mão com o RG,  no mesmo momento o soldado pega o documento de minha mão e questiona o Daniel sobre o nome completo, número do documento etc para conferir se ele saberia responder.
Após todos liberados e bagagem guardada, voltamos para o ônibus. Daniel que já é branco e de barba ruiva, ficou mais branco depois dessa rs.
Voltamos ao ônibus e seguimos a viagem.
A estrada até Ciudad Bolivar possui alguns buracos, com isso um dos pneus chegou a estourar durante a viagem, mas o motorista continuou assim mesmo.

Chegamos em Ciudad Bolivar pouco mais de 6h do dia 15 de janeiro. Logo que desembarcamos na rodoviária, fomos recebidos pelo pessoal da Agência Gekko Tours, que nos levou para a pousada La casita. (acesse para ver + fotos de lá)
A pousada é sensacional, muito bonita, com piscina, boas acomodações e possui viveiro com alguns animais. Como era cedo, deixamos nossas coisas no quarto e fomos tomar café da manhã.
Café da manhã - Pousada La casita
Depois de forrar o estômago, fomos levados para o centro de Ciudad Bolivar, marcamos o ponto de encontro e horário para retornar à pousada e fomos passear.

Abaixo tem um resumo de como foi nossa ida para Ciudad Bolivar:

Por volta das 16h, fomos ao local de encontro combinado, e voltamos para a pousada.
Passamos o fim de tarde e início da noite na piscina, que foi ótimo 🙂

No dia seguinte (16-01-2015) fomos ao aeroporto de Ciudad Bolivar, lá deixamos nossas cargueiras na sala da Gekko Tours, pois nossa viagem para Canaima seria feita em monomotor, então há um limite de peso mais restrito. Pegamos algumas trocas de roupas, outras coisas que realmente usaríamos,  colocamos em nossas mochilas de ataque e partimos.
A viagem para Canaima é muito bonita e é possível observar seus rios e “Tepuys” da região.

Após um pouco de espera, fomos recebidos pelo pessoal da Excursiones kavac, que ficaria responsável por nossa estadia, passeio pelas cachoeiras da região e excursão para o Salto Angel.
Canaima é uma região pouco explorada pelo homem, a comunidade é indígena, porém tem bons recursos locais e internet.
Para quem busca um lugar simples, tranquilo com uma bela paisagem, pessoas amistosas Canaima é o lugar ideal.
Estando lá, você você pode desfrutar das praias de água doce, sendo a principal a da Laguna de Canaima, formado pelo rio Carrao.
As quedas do Rio Carrao recebem os nomes de Salto Ucaima, Salto Golondrina, Wadaima, El Hacha (que dá pra passar por baixo dela),  El Sapo e El Sapito.

Nome e visão aérea de Canaima

Panorâmica Lago de Canaima

Panorâmica do Lago de Canaima – clique para ampliar

Abaixo, o vídeo resumo de nossa estadia em Canaima:

Finalmente no dia 17 de janeiro, logo após o café da manhã, partimos para o alto do rio Carrao, onde embarcamos com nossas coisas em canoas movidas a motor de popa no Porto Ucaima.
A viagem leva em torno de 3h a 4h, mas vale a pena pelo visual. A paisagem é incrível, coisa de filme épico.
A todo momento é possível observar a selva e as enormes paredes de rochas, que por vezes ganham formas peculiares, cachoeiras que despencam do alto dos rochedos, araras etc.
Durante o percurso são feitas 2 paradas, a 1ª é em uma pequena aldeia indígena, para que possa comprar artesanato, a 2ª parada é um trecho de piscina natural com uma pequena queda d’agua.
Após o trajeto de barco, fomos deixado na entrada da trilha que leva ao acampamento Kavak.
Trata-se de um abrigo na mata, onde dormimos em redes, mas não é tão rústico, pois há chuveiros e sanitários também, ou seja, é um passeio bem turístico (para quem é trilheiro) e que vale a pena.

Por volta das 13h50, após um almoço no acampamento, seguimos pela trilha para chegarmos à base do Salto Angel.
O caminho é muito bem demarcado e não há erros.
Abaixo coloco algumas fotos  do percurso e do Acampamento. Assista ao vídeo também, mesmo que pule alguns trechos, pois assim poderá presenciar um pouco de como é a viagem para a cachoeira mais alta do mundo.

Panorâmica do Salto Angel

Panorâmica do Salto Angel – clique para ampliar

Para ver todas as fotos desta viagem acesse nosso álbum no flickr

Abaixo segue também o vídeo com o resumo dessa viagem:

Espero que tenha gostado 🙂



Leia também:

Monte Roraima – Trekking 8 dias

Passeio pela Gran Sabana

 


Avatar

Rodrigo Hortenciano

Designer gráfico, com MBA em Marketing, atuando atualmente com como analista de mídias sociais. Sempre que possível gosto de fazer uma trilha, acampar, ou viajar para algum lugar longe da muvuca e geralmente gastando bem pouco ;)

3 comentários

Monte Roraima - Trekking 8 dias - Exploradores · 21 junho, 2018 às 10:31

[…] Viagem para o Salto Angel […]

Chapada Diamantina | Travessia de Lençóis ao Vale do Capão, via Serra do Macaco | Exploradores · 4 maio, 2017 às 23:41

[…] assim como a região do Monte Roraima, entre outras Chapadas da região venezuelana, incluindo Salto Angel, a maior cachoeira do […]

Passeio pela Gran Sabana | Exploradores · 15 abril, 2016 às 18:11

[…] de passeios com a Mystic Tours para conhecer um pouco da Gran Sabana. Assim como no relato do Salto Angel, não vou aprofundar aos detalhes de custos etc, darei foco ao vídeo resumo e fotos dos passeios. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *